10/12/2007

From Los Angeles To The World....


Feita que está a introdução a este espaço, nada melhor do que passarmos à música própriamente dita. E como estou convencido que este será um espaço que será acompanhado por fieis seguidores, nada melhor do que dar a conhecer um pouco de cada um de nós, musicalmente falando.

Uma das formas de nos dar a conhecer é sem dúvida dizermos o nome das nossas bandas preferidas, mas nós iremos mais longe, e cada um de nós irá falar-vos da sua banda preferida.

Coube-me a mim a honra (e responsabilidade) de ser o primeiro, e para quem já me conhece um pouco, a banda de que irei falar não constituirá surpresa. Para quem não conhece também não ficará muito surpreso, pois não fui muito original na "escolha" da banda...

Os Metallica, banda originária de Los Angeles são desde 1983 (ano em que lançaram o primeiro ábum) até hoje uma das bandas mais bem sucedidas de sempre, tendo vendido mais de 90 milhões de cópias dos seus álbuns.

Com uma formação clássica (um baterista, um baixista, um guitarrista líder e um guitarrista rítmico), os Metallica cedo se destacaram das restantes bandas de thrash metal, sendo por isso muita das vezes reconhecida como a banda que levou o metal ao mainstream, acabando assim com muitos dos dogmas existentes.

Longos e belos solos, poderosos riffs, letras polémicas q.b., atitudes condizentes com o seu estatuto de banda metal foram apenas alguns dos ingredientes que levaram esta banda a tornar-se adorada e ouvida por milhões de pessoas em todo o mundo.

Fazem parte do seu portfólio artístico 8 álbuns de originais (Kill'Em All, Ride The Lightning, Master of Puppets, ...And Justice For All, Metallica, Load, Re-Load e St.Anger), 3 EPs (The $5.98 E.P.: Garage Days Re-Revisited, Garage Inc e Some Kind Of Monster), bem como dois álbuns ao vivo (Live Shit - Binge And Purge e S&M), isto tendo só em conta o material oficial, pois existe muito mais que pode ser encontrado por exemplo no site oficial da banda.

Quanto aos elementos do grupo, fazem actualmente parte do alinhamento James Hetfield (vocalista/guitarrista rítmico), Kirk Hammett (guitarrista líder), Lars Ulrich (baterista) e Robert Trujillo. No entanto, a banda nem sempre teve estes elementos, pois nomes como David Mustaine (vocalista dos Megadeth), Jason Newsted (actualmente nos Rock Star Supernova) e o malogrado Cliff Burton.








Não me querendo alongar muito na história da banda, há no entanto uma data que marcou para sempre o rumo que os Metallica seguiram. 26 de Setembro de 1986 foi o dia em que o autocarro onde eles seguiam para um concerto na Suécia teve um acidente e vitimou Cliff Burton, baixista da banda. A partir dessa data os Metallica nunca mais foram os mesmos, pois Cliff era muito mais do que um (excelente) baixista. Ele era a par de Hetfield um dos génios da banda, participando em muitas das letras dos primeiros álbuns. Para se ver a importância deste homem, há uma frase que é dita por muitos dos fãs desta banda:"Os Metallica atingiram o céu sem Cliff, com ele teriam passado esse patamar". Por aqui dá para ver a importância que esse senhor tinha.

Actualmente a trabalhar no seu nono álbum de estúdio tendo Rick Rubin como produtor, é de esperar que o álbum saia para Fevereiro, e segundo a banda, será o melhor desde há muito tempo.

Estando minimamente apresentada a banda, passarei a nomear o meu álbum e música preferida.

Álbum preferido:
Ride The Lighting


Segundo álbum da banda, o Ride The Lightning presenteia-nos com temas mais maduros, com a inclusão de uma faixa apenas instrumental e com um alinhamento de sonho. Do álbum destaco as músicas: Ride The Ligtning, For Whom The Bell Tolls, Fade To Black, Trapped Under Ice, Creaping Death e The Call Of Ktulu.

Música Preferida: Ride The Lightning, mas como já falei do álbum homónimo em cima, aqui deixarei aquela que tem das melhores letras da banda: Wherever I May Roam.

Podia deixar aqui muitas palavras sobre a letra da música, mas nada melhor que deixar-vos avaliar por vocês mesmos.

...and the road becomes my bride
I have stripped of all but pride
so in her I do confide
and she keeps me satisfied
gives me all I need

...and with dust in throat I crave
only knowledge will I save
to the game you stay a slave
rover wanderer
nomad vagabond
call me what you will

but I'll take my time anywhere
free to speak my mind anywhere
and I'll redefine anywhere
anywhere I may roam
where I lay my head is home

...and the earth becomes my throne
I adapt to the unknown
under wandering stars I've grown
by myself but not alone
I ask no one

...and my ties are severed clean
the less I have the more I gain
off the beaten path I reign
rover wanderer
nomad vagabond
call me what you will

but I'll take my time anywhere
I'm free to speak my mind anywhere
and I'll never mind anywhere
anywhere I may roam
where I lay my head is home

but i'll take my time anywhere
free to speak my mind
and I'll take my find anywhere
anywhere I may roam
where I lay my head is home

carved upon my stone
my body lie, but still I roam
wherever I may roam

Leaven:

Vou agora contribuir com o meu testemunho sobre esta grande banda. Isto é uma vertente interessante no blog, pois este não se limita a que cada um de nós explore uma banda individualmente, dando assim uma maior perspectiva sobre o que escrevemos.
Sinceramente, os Metallica não fazem parte das minhas bandas predilectas, no entanto, não me posso olvidar de referir que mesmo assim, considero-os uma banda de excelência e de grande categoria. Sinceramente, o que mais me atrai na música de Metallica, discriminando outras grandes vertentes, são os solos de guitarra, que considero, absolutamente fenomenais.

2 comentários:

DIZMETU disse...

não há dúvida que já precisávamos de um blog assim. Porque o top musical português não deve começar nas chiquititas e acabar na floribella, invistam neste projecto porque dará frutos.Apoio-vos

Luis disse...

=)
Ora bem nao ha muito a acrescentar...
claro que isto foi td mt resumido...
infelizmente aquele as de espadas que o cliff tirou pra ir a janela ditou a sua morte mas... deixou-nos o master como memoria e o rtl... e isso jamais o tempo vai apagar.

Para mim, sao deuses. Tao la no cimo... Sao fantasticos, fazem-me vibrar, fazem-me gritar... Sao a minha paixao.

RTL é pra mim o meu cd favorito, cm a RTL musica a ser a minha musica de eleiçao mas tb a bell tollz ou a creeping death...
Sao ... enfim... é Metallica.
RTL, Seek, Creeping, Bell Tollz, One, Master, Battery, Sanitarium, fade to black, orion, disposable heroes, damage inc, hit the lights, phantom lord, jump in the fire, harvester of sorrow, blackened... Eu sei la...
Lol...
n tenho palavras. é METALLICA